top of page
  • Foto do escritorRafael de Angeli

iOS 16 terá recursos como detecção de porta, legendas ao vivo, espelhamento do Apple Watch e mais

A Apple apresentou uma série de novos recursos de acessibilidade, incluindo detecção de porta, espelhamento do Apple Watch, legendas ao vivo e muito mais.


A Detecção de Porta (Door Detection) permitirá que indivíduos cegos ou com baixa visão usem seu iPhone ou iPad para localizar uma porta ao chegar a um novo destino, entender a que distância estão e descrever os atributos da porta, incluindo como ela pode ser aberta e quaisquer sinais ou símbolos próximos. O recurso fará parte de um novo "Modo de Detecção" na Lupa, juntamente com Detecção de Pessoas e Descrições de Imagens. A detecção de porta estará disponível apenas em iPhones e iPads com um scanner LiDAR (iPhones 12 Pro, 12 Pro Max, 13 Pro e 13 Pro Max e iPads Pro de 2020 ou mais recentes).



Os usuários com deficiências físicas poderão controlar totalmente o Apple Watch Series 6 e 7 a partir de seu ‌iPhone‌ com o Espelhamento do Apple Watch (Apple Watch Mirroring) via AirPlay, usando recursos assistivos como Controle por Voz e Controle Assistivo e entradas como comandos de voz, ações de som, rastreamento de cabeça e muito mais.



Novas ações rápidas no Apple Watch permitirão que os usuários usem um gesto de pinça dupla para atender ou encerrar uma chamada telefônica, dispensar uma notificação, tirar uma foto, reproduzir ou pausar mídia no aplicativo Reproduzindo Agora e começar, pausar ou retomar um treino.



Usuários surdos e deficientes auditivos poderão usar as Legendas Ao Vivo (Live Captions) no ‌iPhone‌, ‌iPad‌ e Mac, fornecendo uma maneira para os usuários seguirem qualquer conteúdo de áudio com mais facilidade, como durante uma chamada telefônica ou ao assistir a um conteúdo de vídeo. Os usuários podem ajustar o tamanho da fonte, ver legendas ao vivo para todos os participantes de uma chamada FaceTime em grupo e digitar respostas faladas em voz alta. As legendas ao vivo em inglês estarão disponíveis em versão beta no iPhone 11 e posterior, modelos de ‌iPad‌ com o A12 Bionic e posterior e Macs com chip Apple Silicon.


A Apple expandirá o suporte ao VoiceOver, seu leitor de tela para usuários cegos e com baixa visão, com 20 novos idiomas e localidades, incluindo bengali, búlgaro, catalão, ucraniano e vietnamita. Além disso, os usuários poderão selecionar entre dezenas de novas vozes otimizadas em vários idiomas e uma nova ferramenta Text Checker para encontrar problemas de formatação no texto.



Também haverá reconhecimento de som para campainhas e eletrodomésticos exclusivos, tempos de resposta ajustáveis ​​para a Siri, novos temas e opções de personalização no Apple Books e feedback sonoro e tátil para usuários de VoiceOver no Apple Maps para encontrar o ponto de partida para rotas a pé.


Os novos recursos de acessibilidade serão lançados ainda este ano por meio de atualizações de software no iOS 16‌, iPadOS 16, macOS 13 e watchOS 9. Para obter mais informações, consulte o comunicado de imprensa completo da Apple.


Para comemorar o Dia Mundial da Conscientização sobre a Acessibilidade, a Maçã também anunciou planos de lançar o SignTime no Canadá, em 19 de maio, para oferecer suporte a clientes com intérpretes de Língua de Sinais Americana (ASL), lançar sessões ao vivo nas Apple Stores e postagens de mídia social para ajudar os usuários a descobrir recursos de acessibilidade, expandir o Atalho do Assistente de Acessibilidade para Mac e Apple Watch, destacar recursos de acessibilidade no Apple Fitness+, como Dicas de Áudio, liberar um guia "Acesso ao Parque para Todos" no ‌Apple Maps‌ e sinalizar conteúdo focado em acessibilidade na App Store, Apple Books, aplicativo de TV e Apple Music.



Fonte: Apple

19/5/2022 - 15h55

Comentarios


bottom of page