top of page
  • Rafael de Angeli

A16 Bionic do iPhone 14 Pro supera o mais recente chip Snapdragon 8 Gen 2 que chegará ao Android

Em novembro, a Qualcomm anunciou seu mais recente processador móvel Snapdragon 8 Gen 2, prometendo "revolucionar os principais smartphones" com experiências "inovadoras".

Imagem: Qualcomm

O novo chip deve ser lançado nos principais smartphones Android ainda este ano, mas os benchmarks sugerem que ele não pode competir com o chip A16 Bionic da Apple, que alimenta os iPhones 14 Pro e 14 Pro Max.


As pontuações do Geekbench para o novo chip já foram detectadas em um aparelho Android inédito. De acordo com os resultados, divulgados pelo site DealNTech, o mais recente chip Snapdragon 8 Gen 2 marcou 1483 pontos em single-core e 4709 em multi-core. O A16 Bionic marcou 1874 em single-core e 5372 em multi-core. Para efeito de comparação, o chip A15 Bionic, encontrado nos iPhones 13 (toda a linha), 14 e 14 Plus, também obteve pontuação superior ao processador mais recente da Qualcomm, com 1709 em single-core.


Em um comunicado à imprensa sobre o novo chip, a Qualcomm disse que "definirá um novo padrão para computação conectada, projetada de forma inteligente com AI [Inteligência Artificial] inovadora em todos os aspectos para permitir experiências extraordinárias".

O vice-presidente sênior e gerente geral de aparelhos móveis da Qualcomm, Chris Patrick, disse que "o Snapdragon 8 Gen 2 revolucionará o cenário dos principais smartphones em 2023".


Em comparação com o chip Snapdragon 8 de primeira geração, a Qualcomm diz que a plataforma mais recente oferece um aumento de 35% no desempenho da CPU, um aumento de 25% no desempenho da GPU e um aumento na eficiência de energia. Em 2020, o A14 Bionic da Apple e até o chip A13 Bionic do ano anterior venceram o processador Snapdragon 888 da Qualcomm, lançado em dispositivos Android no ano passado.



O chip A16 Bionic dos ‌iPhones 14 Pro e 14 Pro Max‌, como o mais recente processador Snapdragon 8 Gen 2, é construído no processo de 4 nm da TSMC e ambos oferecem melhor desempenho e eficiência energética. O chip A16 Bionic possui 16 bilhões de transistores, uma CPU de 6 núcleos, uma GPU de 5 núcleos e um Neural Engine de 16 núcleos.


"A concorrência ainda está trabalhando para alcançar o desempenho do A13, que apresentamos pela primeira vez com o iPhone 11 há três anos", disse Greg Joswiak, vice-presidente sênior de marketing mundial da Apple, durante o evento da Maçã em setembro, no lançamento da linha iPhone 14.


Fontes: DealNTech e MacRumors

10/12/2022 - 3h28

bottom of page